quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Células-tronco: cientistas tentam reverter derrame em humanos

Mesmo com críticas de ativistas, contrários ao uso de fetos abortados, cientistas britânicos anunciaram que estão testando células-tronco embrionárias em um ser humano que teve derrame, ou AVC, Acidente Vascular Cerebral, e está com parte do corpo paralisado. A empresa privada ReNeuron teve autorização para usar fetos com 12 semanas de gestão nas experiências. As células-tronco foram aplicadas em um homem de 60 anos, que teve derrame há 1 ano e meio, e não conseguia melhora com tratamentos convencionais. Ele recebeu uma injeção com células-tronco na área afetada do cérebro. Agora é esperar os resultados. Em camundongos a terapia deu certo. Conseguiu reverter os problemas causados por derrames acontecidos há muitas semanas. Há pouco mais de um mês cientistas americanos, da empresa de biotecnologia Geron Corporation, começaram o mesmo tipo de tratamento em um homem que teve lesão na medula espinhal. Detalhes no Correio Braziliense.
 A comunidade científica recebeu a notícia com cautela. Todos querem esperar os primeiros resultados dessas experiências, ainda muito recentes, para depois comemorar. Mas que é um grande passo, não há o que questionar. O AVC é a primeira causa de mortes no Brasil e a segunda no mundo. Estimativas de 2007 revelam que quase 6 milhões de pessoas morrem de derrame no mundo, quase 100 mil delas aqui no Brasil. E 33% dos sobreviventes, ficam com sequelas, como as que os cientistas americanos e britânicos estão tentando reverter. Muito boa sorte a eles.

2 comentários:

  1. Tomara que as celulas -troncos sejam realmente eficaz.

    ResponderExcluir